Sonho-te...



(Foto: ABrito)



Sentir que sou especial para alguém, era coisa que já não me lembrava como era...
Sentir que ainda não perdi o meu lado de mulher, o desejo da carne...
Já não sabia como era sentir-me assim.
Os dias correram, os momentos mais uma vez souberam a pouco pelo tanto que te quero...
Os risos, o toque, o sabor do beijo, o conforto do abraço, o cheiro...
Trouxe-te entranhado na minha pele...
Abriu-se um mundo dentro dentro de mim...
De sonhos, de quereres, de desejos...
É impossível não querer saber do futuro.
Por mais que só possa pensar, viver um dia de cada vez...
Não dá para deixar de te sonhar, de nos sonhar...
Fecho os meus olhos e só nos vejo a nós.
No ontem, no hoje, no amanhã...
E sinto tanto o tempo a correr na minha pele...
As saudades as estrangularem a minha alma...
O desejo a consumir cada pedaço do meu âmago...
Chega perto, segura na minha mão e diz que tudo vai acalmar.
Tudo é muito mais do que eu poderia pedir...
Tu és mais do que eu podia desejar...
Nunca ninguém cuidou do meu mundo como tu...
Nunca um olhar cruzou o meu, com a ternura do teu...
É tudo tão forte que às vezes, sinto como se o ar que respiro dependesse da tua presença, da tua voz, do teu olhar...
Segura a minha mão e diz que vais continuar aqui, onde eu preciso de ti!

*