Ócio...

Foto de: ABrito

Cai a noite
Com ela chega o conforto do meu leito
A brancura do linho
Os silêncios, a quietude...
Fecho os olhos para adormecer
Para relaxar as minhas pernas cansadas...
Tocam-me os sonhos sublimes e amanhã vou acordar com um sorriso estampado no rosto
Amanhã o meu corpo sustentará de novo a agitação, o corre-corre de uma vida que me preenche!

6 comentários:

WildMindMan disse...

É tão bom esse cansaço.

Faz-nos sentir vivos.

Faz-nos sonhar :)

Beijinhos muitos em tu ********

John Lemmos disse...

Olá rainha dos alentejos.
Devia concentrar-me no poema mas só me apetece dizer asneiras por isso é melhor parar aqui (loool) antes que saia mesmo asneira da grossa.
Agora a sério:
- Como sempre lindoooo!

**beijos**

Evy disse...

Olá menina simpática
Vida nova? Que bom :-)
Dar tudo de nós, deitar na almofada consciente que foi o nosso melhor mas que amanhã faremos mais, são boas razões para levantar. Tudo o que lhes damos é pouco quando retribuído com um sorriso de bem-estar.
Força para a nova caminhada, parabéns pela escolha e um "obrigada" pela dedicação.
Beijinho *

Anónimo disse...

Saudades de beber estas palavras puras e sentidas...
De atravessar o corre-corre e planar nas nuvens do pensamento...
De circular nos sonhos e sentir que a vida parte do infinito...
De olhar as palavras como magia plena da alma...

Um beijo doce na tua alma...
Sorri a entrar neste bocado do teu coração...

...um beijo... um sorriso... um sonho...

AmarEmSilencio

Excelsior disse...

...E aqui, descreves algo que carinhosamente gosto de chamar "A Dádiva de Morfeu"...

... :)

(...Pérolas de Paz, num caos conturbado e tantas vezes doloroso...)

...Beijinho terno de embalo a muitas dessas "dádivas"... :)

Jasmim disse...

E tanto que se necessita dessa "pérolas de Paz"...

Um beijo imenso em ti, querido excelsior
***